Era tão fresco e calmo, nessa altura, o ar da manhã, tão silencioso, muito mais do que aqui; era como o bater de uma onda, o beijo de uma onda; ... Virginia Woolf

16
Mai 10

publicado por Mnemosine às 21:56

06
Mar 10

 

Pela arte da amizade

Pelo último dia de Sócrates,

Pelas palavras ditas no crepúsculo

De uma cruz à outra cruz

Por aquele sonho do Islão que abarcou

Mil e uma noites

Por  Swedenborg,

Que conversava com os anjos nas ruas de Londres,

Pelos rios secretos e imemoriais

Que convergem em mim,

Por Verlaine, inocente como os pássaros

 

Borges

 

publicado por Mnemosine às 19:34

14
Fev 10

 

... todo o canto, todo o beijo

todo o o corpo em movimento

tem um bocado de inferno e céu ...

 

 

 

publicado por Mnemosine às 15:04

30
Ago 09

 

 

publicado por Mnemosine às 15:07

Setembro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10
11

12
13
14
15
16
17
18

19
20
21
22
23
24
25

26
28
29
30


mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO